Zoom anuncia demissão de 15% dos funcionários; saiba o motivo

A plataforma de vídeo Zoom anunciou nesta terça-feira, 7, a demissão de 15% dos funcionários – cerca de 1,3 mil pessoas. De acordo com o diretor-geral do grupo, Eric Yuan, o motivo é “a incerteza econômica mundial”. Em 2020, durante o auge da pandemia, a plataforma cresceu com o aumento de reuniões virtuais. Para se ter ideia, em dois anos, o Zoom quadruplicou sua receita e triplicou o quadro de trabalho para atender à demanda durante o período.

No entanto, Eric comentou que a plataforma não “levou o tempo suficiente para analisar do que precisava e garantir que seu crescimento fosse sustentável”, frisou. “A incerteza econômica mundial e seu efeito em nossos clientes” fizeram com que a plataforma tomasse tais medidas para “poder enfrentar o entorno econômico atual”, acrescentou o diretor-geral. Inclusive, Eric Yuan disse que vai reduzir seu salário em 98% e abriu mão de bônus. Outros executivos do Zoom também sofrerão redução salarial, mas de 20%.