Moradores colocam faixa de aniversário em ponte interditada há um ano em Curitiba: ‘É inaceitável’

Bloqueio aumenta tempo de locomoção e prejudica comércio, segundo morador. Instituto diz que liberação de tráfego depende de obra específica, encaminhada para contratação no início deste mês.

Moradores do bairro Alto Boqueirão, em Curitiba, colocaram uma faixa de aniversário para a obra da ponte sobre a linha férrea, interditada há um ano.

O bloqueio é no trecho que liga as ruas João Miqueletto e Eduardo Pinto da Rocha. Segundo a prefeitura, a interdição foi uma medida de segurança, e obras ocorreram no local. Para liberação, entretanto, um serviço específico deverá ser contratado.

O morador Hélio Chaves conta que a interdição tem gerado transtornos para a locomoção da população e, também, para o comércio do bairro.

Ele explica que os dois filhos aumentam o trajeto diário em 18 quadras para ir e voltar da escola. Antes, eles pegavam o ônibus há duas quadras de casa, mas a rota do transporte público foi alterada por conta da obra.

“Meus filhos tão andando agora 18 quadras pra poder pegar o ônibus. Quando tá chovendo, ou eles não vão, ou se vão chegam tudo molhado na escola, ou chegam molhados em casa. Sendo que tem um ponto de ônibus há duas quadras de casa […] É inaceitável”.

Segundo Hélio, aos finais de semana, o trânsito na região fica caótico por conta do aumento de movimento. Próximo da interdição está localizado o acesso ao Zoológico Municipal de Curitiba.