Ato em defesa de Dallagnol reúne milhares de apoiadores em Curitiba

As ruas da capital paranaense foram tomadas pelo ato de protesto

Milhares de pessoas se reuniram neste domingo (4) em Curitiba para se manifestarem contra a cassação do deputado Deltan Dallagnol (Podemos-PR) pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em decisão apontada pelos apoiadores do parlamentar como ato de vingança pelo trabalho da Operação Lava Jato, que puniu notórios polºiticos corruptos e os levou à prisão, em sentenças condenatórias confirmadas em diversos trbunais.

O ato teve como lema “Liberdade, Justiça e Democracia”, de acordo com nova divulgada pelo staff de Dallagon, que compareceu juntamente com diversas lideranças políticas que representaram diversos partidos.

Ao ato que segundo eles foi realizado em defesa dos 345 mil votos anulados na decisão do TSE, compareceram políticos de outros Estados, como os senadores Eduardo Girão (CE) e Oriovisto Guimarães (PR), ambos do partido Podemos.

Além da presidente nacional do partido de Dallagnol, deputada federal Renata Abreu (SP), também participaram do evento os deputados Gilson Marques (Novo-SC), Abilio Brunini (PL-MT), Dr. Frederico (Patriotas-MG), Sargento Portugal (Podemos/RJ) Dep. Sargento Fahur (PSD-PR), Reinold Stephanes (PSD-PR), Rodrigo Estacho (PSD-PR).

Também os secretários estaduais como Valdemar Jorge, presidente do Republicanos no Paraná, e os deputados estaduais Fábio Oliveira e Denian Couto, do Podemos, Tito Barichello (União Brasil) e as vereadoras Amália Tortato e Indiara Barbosa, do Novo, marcaram presença.